Seja bem vindo ao Rondonia Live! Sua fonte de informação em tempo real.
quarta-feira , 17 julho 2024
Webmail: contato@rondonialive.com
Destaques

Deputados aprovam reajuste para desembargadores do TJRN e procuradores do MPRN; salários vão passar dos R$ 41 mil

Até fevereiro de 2025, os salários dos desembargadores do Tribunal de Justiça (TJRN) e dos procuradores do Ministério Público (MPRN) que atuam no Rio Grande do Norte vão passar dos atuais R$ 35.462,22 para R$ 41.845,49, segundo o reajuste de 18% aprovado pela unanimidade dos 18 deputados estaduais presentes na sessão desta quarta (5). A Assembleia Legislativa tem 24 parlamentares.

O aumento para os dois cargos, que já foi publicado no Diário Eletrônico do Legislativo de quarta (5), será dividido em três parcelas da seguinte forma: a partir de 1º de abril (retroativo) a remuneração passa a ser de R$ 37.589,96; já a partir de 1º de fevereiro de 2024 sobe para R$ 39.717,69; e a partir de 1º de fevereiro de 2025 chega a R$ 41.845,49.

O projeto também prevê que as despesas decorrentes do aumento correrão por conta de dotações orçamentárias próprias, ou seja, o impacto do aumento será absorvido pelo orçamento de cada instituição que, anualmente, recebe repasse do Governo do Estado para garantir seu funcionamento.

O aumento faz parte de um movimento cascata, já que a Constituição Federal estabelece que o subsídio dos desembargadores e procuradores corresponderá a 90,25% do que recebem os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que tiveram reajuste aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo presidente Lula (PT) em janeiro deste ano. O aumento dos ministros também foi de 18% e dividido em três parcelas, com os salários passando de R$ 39,3 mil para 46,36 mil.

O reajuste dos procuradores do MP e desembargadores do TJRN ainda é um Projeto de Lei Complementar que precisa da assinatura da governadora Fátima Bezerra (PT) para ser efetivado, o que deve acontecer sem maiores dificuldades.

Impacto

O reajuste para procuradores e desembargadores também impactará em outros cargos. No caso do Ministério Público, por exemplo, também haverá reajuste para promotores de 3ª, 2ª e 1ª Entrância, além de promotor substituto. Ao todo, 203 pessoas ocupam um desses cargos que receberão reajuste, sendo apenas 17 procuradores. Contando com ativos, inativos e o auxílio saúde, o reajuste terá um impacto total de R$ 31.539.895,29 até 2025 apenas no caso do Ministério Público do RN.

Imagem: reprodução Diário Eletrônico Assembleia Legislativa do RN

Fonte: Agência Saiba Mais

Artigos Relacionados

DestaquesGeral

Tenda Família Cidadã atenderá o assentamento Joana Darc I na zona rural de Porto Velho

Atendimentos acontecerão no próximo sábado (06), das 9h às 14h, na Escola...

DestaquesGeral

Prefeitura de Porto Velho realiza busca ativa em residências para resgatar cobertura vacinal

Campanha do Ministério da Saúde quer garantir a imunização de crianças menores...

DestaquesGeral

Maior evento de previdência pública do Brasil atribui 1º lugar ao Iperon em governança previdenciária 

O Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado de Rondônia (Iperon) recebeu...

DestaquesGeral

Inscrições para cursos remotos profissionalizantes na área de gestão seguem até segunda-feira, 8

Estão abertas até segunda-feira (8), inscrições para cursos profissionalizantes remotos que vão...