Seja bem vindo ao Rondonia Live! Sua fonte de informação em tempo real.
quarta-feira , 17 julho 2024
Webmail: contato@rondonialive.com
Política

A falta de água e saneamento básico são dores em PVH, diz Samuel Costa

Porto Velho, 16 de maio de 2024

Em uma entrevista a uma emissora local, o pré-candidato a prefeito de Porto Velho, Samuel Costa (Rede), abordou questões críticas enfrentadas pela cidade, destacando a falta de saneamento básico, água tratada e rede de esgoto. Costa, conhecido por sua atuação em movimentos sociais e defesa dos direitos da população, mostrou-se firme ao afirmar que “a dor dos portovelhenses é invisível” e que não se pode aceitar a situação atual como imutável.

“Já estamos há mais de 100 anos com 2% de saneamento básico e rede de esgoto. Não podemos aceitar isso como fato consumado,” afirmou Costa, referindo-se à grave deficiência na infraestrutura sanitária de Porto Velho, um problema que remonta à fundação da cidade em 1914.

Propostas de mudança

Costa destacou a necessidade de um esforço conjunto entre a população e os representantes políticos para encontrar soluções viáveis que possam ao menos minimizar a angústia histórica da cidade. “Conheço as dificuldades do nosso povo e quero construir, junto com toda população e nossos representantes políticos, um caminho que possa ao menos minimizar essa angústia que permeia nossa cidade desde 1914,” declarou Costa.

Ele prometeu uma abordagem proativa e comprometida caso seja eleito, enfatizando sua disposição de buscar apoio federal. “Se tiver a oportunidade de servir nossa cidade, vou a Brasília e trarei o recurso do governo Lula, através do “Programa de Aceleração do Crescimento”, PAC o que será necessário para tirar Porto Velho do mapa das 100 piores cidades do Brasil,” garantiu o pré-candidato.

Desafios históricos

Porto Velho, capital de Rondônia, enfrenta desafios históricos no que tange ao saneamento básico. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cobertura de esgoto na cidade é uma das mais baixas do país, o que tem implicações diretas na saúde pública e qualidade de vida dos seus habitantes.

O compromisso de Samuel Costa em buscar recursos federais e sua vontade de atuar diretamente em Brasília refletem uma estratégia que visa colocar Porto Velho em um novo patamar de desenvolvimento. Ele acredita que, com a ajuda do governo federal e a colaboração local, é possível reverter décadas de negligência e colocar a cidade no caminho do progresso sustentável.

Visão para o futuro

Para muitos, a fala de Costa ressoa como um chamado à ação após anos de promessas não cumpridas. Sua visão de um Porto Velho melhor e sustentável é pautada pela urgência e pelo compromisso com as necessidades básicas da população. A expectativa é que sua pré-candidatura traga um debate mais profundo sobre as políticas públicas necessárias para enfrentar os problemas crônicos da cidade.

Com a eleição municipal se aproximando, Samuel Costa se posiciona como uma figura de esperança e transformação, prometendo dar voz e visibilidade às dores dos portovelhenses e buscar as mudanças que há tanto tempo são aguardadas.

Artigos Relacionados

DestaquesPolítica

Governo Lula investiu R$ 87 milhões em Ji-Paraná

Cláudia de Jesus participa da retomada das obras do Morar Melhor 2...

Política

Pedro Fernandes participa de solenidade de entrega de viaturas para segurança pública em Rondônia

Foram entregues 241 viaturas de pequeno porte. Nesta segunda-feira (1), o deputado...

Política

Caerd responde pedido da Dra. Taíssa sobre escassez hídrica com Plano de Contingência

Documento contém medidas que devem ser adotadas para enfrentar os efeitos da...

Política

Luizinho Goebel denuncia abandono e cobra pavimentação da RO-133, em Espigão D´Oeste

Rodovia liga o município à usina de calcário está em péssimo estado...